Novidades

✍Experiências Feira do Livro: Cláudia Coelho Pinheiro



A autora de 'O Jogo da Procura', Cláudia Coelho Pinheiro esteve dia 11 de Junho na Feira do Livro, que findou há bem pouco tempo, para apresentar a sua obra aos leitores. 


A escritora do Porto chegou a Lisboa por volta das sete horas da manhã acompanhada pelo seu esposo Ivo Daniel Pinheiro, e fez questão de imortalizar a ocasião com fotografias que partilhou com seguidores, leitores e amigos no seu perfil do Facebook. Durante o dia, nas horas que antecederam a sua apresentação, a autora e o seu companheiro aproveitaram para explorar a capital. Quando questionada pelo JEdLP sobre o dia passado em Lisboa, a autora respondeu:

«Em casa, eu e o meu marido planeámos o nosso dia. Somos da cidade do Porto e não conhecemos muito bem Lisboa, e tentámos aproveitar o máximo possível. Através da minha página de autora [VER AQUI], publiquei várias fotos de locais por onde passávamos. Fomos ao Estádio da Luz (porque o meu marido insistiu MUITO), fomos ao Cais de Sodré, ao Rossio, ao Chiado, a S. Sebastião. Aproveitámos o metropolitano que é simplesmente fantástico! Muito rápido durante a viagem e com pouco tempo de espera!»


Como a própria autora nos disse, desde o Estádio da Luz até S. Sebastião, foram muitos os locais nos quais Cláudia Pinheiro marcou presença. Mas, claro está!, uma presença marcada pela companhia do seu esposo e da sua magnífica obra 'O Jogo da Procura', que a acompanhou sempre. 


Porém, os dias são curtos e o tempo passou rápido. E os deleitantes passeios pela velha Lisboa acabaram sem que o casal Pinheiro desse por isso e chegou o momento da tão aguardada apresentação, que teve início às quatro da tarde num dos muitos pavilhões que a Chiado Editora teve na Feira do Livro de 2016.
  
À conversa com a escritora e autora de 'O Jogo da Procura', o JEdLP pediu-lhe que descrevesse a sua experiência na enorme feira literária. E ela, sem hesitar por um único instante, narrou-nos tudo aquilo que sentiu!

«Nunca tinha ido à Feira do Livro de Lisboa. Não tinha a mínima noção da sua grandeza. Fiquei muito surpreendida com os preços, com a quantidade de editoras e com o número de livros expostos. Adorei a experiência de estar "do outro lado". Gostei muito de conhecer o staff da Chiado Editora e de ver a eficiência de trabalho. Ouvir o nosso nome a ser apresentado na feira, é uma sensação incrível!»

Mas as nossas perguntas não se ficaram por ali! 

Ao percebermos o imenso prazer que a experiência provocara na autora, o JEdLP não resistiu em fazer a mais óbvia, mas também, e sem sombra de dúvidas, importante, das perguntas: Pretende repetir a experiência? 

Novamente, Cláudia Coelho Pinheiro não hesitou em responder: 

«Se tudo correr bem, e for feito o convite pela Editora, irei com muito gosto!»

Para os fãs de 'O Jogo da Procura' e outros amantes de Ficção, fica já aqui um aviso de que Cláudia Coelho Pinheiro poderá estar a assinar exemplares da sua obra na próxima Feira do Livro! Ah... e também fica aqui a dica para a Chiado Editora não se esquecer de fazer novamente o convite a esta autora que tem tanto de talentosa, como de simpática!








© 2016, Raquel C. Vicente e JEdLP

Sem comentários