Novidades

✍Entrevista a Vanessa Lourenço: 'A Batalha de Sekmet'


O JEdLP traz hoje aos seus leitores uma entrevista muito especial à autora Vanessa Lourenço. A razão é simples: falamos da sua segunda obra 'A Batalha de Sekmet', que dá continuação à aventura iniciada em 'A Cria Negra de Felis Mal'Ak'. 

Vanessa Lourenço falou-nos um pouco sobre as suas experiências neste último ano e ainda nos revelou algumas informações sobre este segundo livro da sua trilogia. 

O JEdLP aproveita para convidar todos os seus leitores a marcarem amanhã, dia 1 de Dezembro de 2016, pelas 16:00 da tarde, presença na primeira apresentação de 'A Batalha de Sekmet' na Fnac Alfragide! Não deixem passar esta oportunidade de conseguirem um exemplar desta obra maravilhosa assinado pela autora!


✍✍✍


Boa noite, Vanessa. É uma honra e um prazer imenso tê-la novamente connosco! Como se encontra?
Desta vez, dispensam-se apresentações! Peço apenas que nos comece por dizer como foi este último ano para a sua primeira obra, A Cria Negra de Felis Mal'Ak. Se considera que foi um ano positivo e se houve alguma surpresa.

É muito difícil encontrar as palavras certas para descrever este último ano, há cerca de um ano atrás um dos meus objectivos mais queridos via a luz do dia e "A cria negra de Felis Mal'ak" dava os primeiros passos no mercado literário. Mas o que mais me surpreendeu foi a quantidade de pessoas que abraçaram esta história e os inúmeros testemunhos que me fizeram chegar. As pessoas deixaram-se envolver por esta aventura de formas que eu só poderia ter sonhado, e por todos e cada um dos meus leitores me sinto imensamente grata.


Acho que falo em nome de todos os leitores e membros do JEdLP ao dizer que é maravilhoso receber tão boas notícias!
Este ano, esteve presente em grandes eventos literários como, por exemplo, a Feira do Livro de Lisboa. Como descreveria essas experiências?

Obrigada. Foi sobretudo uma excelente oportunidade (várias, na verdade) de sair da minha zona de conforto. Escrever é um processo solitário e muito nosso, e levar o nosso trabalho directamente às pessoas pode ser desafiador para uma pessoa habituada a evitar as multidões. Posto isto, cada uma das minhas sessões de lançamento me enriqueceu muito enquanto autora, e enquanto pessoa. Mostrando-me que quando trilhamos o caminho que escolhemos, o entusiasmo e a partilha excedem grandemente os medos que anteriormente ameaçavam paralisar-nos.


Saiu recentemente uma grande novidade sobre a sua primeira obra: A Cria Negra de Felis Mal'Ak ganhou tradução para o inglês. 
Como foi traduzir a sua própria obra e como reagiu a editora? E quando se encontrará a versão inglesa disponível para aquisição?

A decisão da publicação de uma edição inglesa do meu primeiro livro surgiu naturalmente.Tenho a felicidade de ter amigos espalhados um pouco por todo o mundo, que ao longo do último ano foram alicerçando essa minha vontade. O trabalho de tradução foi em si mesmo um processo muito trabalhoso e desafiador, na medida em que para lá da tradução em si, há que ter em conta factores como as expressões idiomáticas, que variam de idioma para idioma. Mas mais uma vez pude rodear-me de pessoas muito especiais que me acompanharam durante todo o processo, o que tornou este resultado possivel. Sou sobretudo da opinião de que se as portas não se abrem à nossa frente, a melhor decisão será abri-las com as nossas próprias mãos. E foi o que aconteceu. Foi um projecto rapidamente aceite pela minha editora, e aguardo com expectativa pelo resultado final. De acordo com o que me foi dito, este projecto verá a luz do dia ainda antes do Natal deste ano.


Alguns leitores podem não saber, mas A Cria Negra de Felis Mal'Ak é o primeiro volume de uma trilogia. O que me leva ao foco desta entrevista: a sua nova obra. 
Peço-lhe que fale um pouco sobre A Batalha de Sekmet aos leitores do JEdLP. E, acima de tudo, que lhes explique aquilo que os espera nesta aventura!

Sim. De facto, "A batalha de Sekmet" é o segundo volume desta trilogia que teve início com "A cria negra de Felis Mal'ak". Neste novo volume o que espera os leitores é a concretização da acção que se adivinhava ao longo do primeiro volume. Podem esperar todo um contexto físico diferente, mais complexo e baseado em factos históricos que virão enriquecer o desenvolvimento da história. Poderão sobretudo esperar o surgimento de um vilão muito complexo e muito especial, que virá desafiar os personagens já nossos conhecidos de forma bastante intensa e sempre surpreendente.


O que tem a dizer aos fãs da saga? E por que recomendaria a sua nova obra aos nossos leitores?

Tenho a dizer aos leitores desta aventura que me sinto imensamente grata pelo voto de confiança de cada um deles na qualidade do meu trabalho, e que aguardo com imensa expectativa o que terão a dizer sobre a continuação da trilogia que agora chega ao mercado literário. Quanto aos que estão agora a tomar o primeiro contacto com os meus livros, esperem encontrar o mundo tal como é visto e compreendido pelos animais que amam, de uma perspectiva inspiradora, intensa e surpreendente. Em "A batalha de Sekmet", esperem o surgimento de um vilão que virá abalar tudo aquilo que conheceram no primeiro volume da trilogia... e mudar os nossos heróis para sempre.


A sua narrativa é aplaudida por incontáveis leitores. Considerada uma das melhores por entre os jovens nomes no mercado literário. O que sente ao ler comentários desses?

Para mim, o mais importante é e será sempre sentir que a mensagem dos meus livros chega àqueles que precisam dela no momento certo. E sou uma privilegiada por receber com frequência confirmações dos meus leitores nesse sentido. Mas claro que saber que as pessoas reconhecem qualidade no meu trabalho é para mim um motivo de grande satisfação pessoal, e enquanto autora de livros de literatura fantástica.


Vanessa, muito obrigada! Foi um prazer tê-la novamente connosco! Espero poder repetir dentro de uns tempos esta entrevista... com o terceiro volume da trilogia! Até lá, foi um prazer! Um abraço de parte de toda a equipa!

Obrigado, e até breve.





© 2016, Raquel C. Vicente e JEdLP

Sem comentários